Tagged: mestre

Mestre

Mestre Mestre, meu mestre querido! Coração do meu corpo intelectual e inteiro! Vida da origem da minha inspiração! Mestre, que é feito de ti nesta forma de vida? Não cuidaste se morrerias, se viverias, nem de ti nem de nada, Alma abstrata e visual até aos ossos, Atenção maravilhosa ao...

Leçon d’un Maitre à son Apprenti – II

Mon Très Cher Frère, Cette cérémonie, dont tu fus l’acteur principal, a fait de toi un Initié.Cette initiation a débuté lorsque tu étais seul, face à toi-même, dans le cabinet de réflexion. Nous t’avons ensuite révélé une partie de nos savoirs car nous t’avons jugé digne de les recevoir. Nous...

Décimo sétimo V:.M:. – Paulo F. R.

O décimo sétimo Venerável Mestre da Loja Mestre Afonso Domingues foi PauloFR, que exerceu o seu ofício de direção da Loja entre o segundo sábado de Setembro de 2006 e o segundo sábado de Setembro de 2007. Conheci PauloFR na ocasião em que este, apadrinhado pelo José Ruah, solicitou a...

Décimo sexto V:.M:. – Luis Rosa Dias

O décimo sexto Venerável Mestre foi Luís R. D.. Foi eleito em Julho de 2005. Como é normal na Loja Mestre Affonso Domingues, exercia o ofício de 1.º Vigilante quando foi eleito. Luís R. D. era já, aquando da sua eleição, um Mestre Maçon com alguma antiguidade. Normalmente, teria sido...

Décimo quinto V:. M:. – Miguel R.

Miguel R. foi 1.º Vigilante do Quadro de Oficiais de Alberto R. S. e, como é usual na Loja Mestre Affonso Domingues, sucedeu-lhe na Cadeira de Salomão, em Setembro de 2004, após ter visto, em Julho anterior, confirmado o costume da Loja, através da indispensável eleição. Miguel R. fora o...

Décimo quarto V:.M:. – Alberto R. S.

O décimo quarto Venerável Mestre, que exerceu o ofício entre Setembro de 2003 e igual mês de 2004, foi Alberto R. S.. Fisicamente um homem meão, de aspecto maciço, de temperamento bem disposto e prazenteiro, Alberto R. S. exerceu o mandato com um notável equilíbrio entre acção e especulação, entre...

Décimo terceiro V:.M:. – António P.

António P. foi o décimo terceiro Venerável Mestre da loja Mestre Affonso Domingues. Exerceu o ofício de Setembro de 2002 a Setembro de 2003. António P., um homem corpulento e afável, não tem o dom da palavra. Como muito boa gente, não consegue transmitir devidamente o seu pensamento quando fala...

Décimo segundo V:.M:. – José M.

Eleito, como habitualmente, em Julho, José M. foi o duodécimo Venerável Mestre da Loja Mestre Affonso Domingues, tendo exercido o ofício entre Setembro de 2001 e Setembro de 2002. José M., oriundo da primeira geração de iniciados, logo no princípio do funcionamento da então GLRP, hoje GLLP/GLRP, era já, na...

Décimo primeiro V:.M:. – João D. P.

Um ano depois do que o deveria ter sido, João D. P. foi eleito Venerável Mestre da Loja Mestre Affonso Domingues. Foi o seu undécimo Venerável Mestre, exercendo a função de Setembro de 2000 a Setembro de 2001. No ano anterior, cumprira o segundo ano consecutivo na função de 1.º...

Décimo V:.M:. – Rui Bandeira

Uma das vantagens do sistema de sucessão no exercício do ofício de Venerável Mestre informalmente instituído na Loja Mestre Affonso Domingues (e também em muitas outras Lojas, das mais diversas Obediências, ritos e latitudes) é que possibilita ao 1.º Vigilante um ano completo para analisar a Loja, verificar os seus...

Nono V:.M:. – Luis P.

Entre Setembro de 1998 e igual mês de 1999, exerceu funções o nono Venerável Mestre da Loja Mestre Affonso Domingues, Luís P.. Luís P. foi um dos maçons que mais tempo se manteve no grau de Aprendiz, não por desinteresse ou falta de assiduidade, mas porque recusou, várias vezes, ser...

EnglishFrenchGermanPortugueseSpanish