Poema a um irmão maçon

Caro Irmão Maçon

Quero te saudar na simbologia
Do compasso entrelaçado por um esquadro
Fulgurado no centro pela invencível estrela flamejante.
De princípio, agradeço ao Grande Arquitecto do Universo
Por ter-nos criado Justos, perfeitos e Iguais.
Somos filhos de uma mesma mãe: fecunda, Generosa, Bondosa.

Viemos, como reis magos do ocidente
E dirigimo-nos para o Oriente em busca de um mestre
Que queira instruir-nos.
Este mestre deve ser sábio para ensinar-nos a ser livres,
Virtuosos, praticantes dos bons costumes.

Chegando ao oriente saudaremos e felicitaremos
Nossos irmãos, incumbência a nós confiada e externaremos
Nossa pretensão de vencer nossas paixões.
Alcançando novos progressos na arte real
Colocar-nos-emos à disposição de nossos irmãos, para provar
Por nossas iniciações e outras circunstancias conforme nosso
Grau e segundo rigoroso exame que nos for exigido.

E rogo ao G.A.D.U. que continues sendo incansável obreiro
No trabalho pelo bem da humanidade.

Ir:. Henrique Jorge

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

EnglishFrenchGermanPortugueseSpanish