Ética? Ética… Ética!

O tema comum do nosso encontro de hoje é ÉTICA. Mas será que todos temos a mesma noção deste termo? Não arriscarei muito se afirmar que, se fizéssemos um rápido inquérito entre todas e todos os presentes, obteríamos respostas diversas… Acho portanto útil maçar-vos alguns minutos com uma referência ao...

Da Loja – Capítulo II

Aproveitando uma questão posta por um dos leitores habituais deste espaço, relativa à numeração das Lojas, aproveito para mais um post sobre as Lojas. Confesso aos leitores que não pesquisei sobre o que acontece na generalidade das Grandes Lojas, e por isso aqui vos deixo com o que penso ser...

Da Loja – Capitulo I

(…) As Lojas como qualquer organismo societário têm várias fases de vida, a saber: Constituição, Instalação e Levantamento de Colunas. Os primeiros anos. A Velocidade de Cruzeiro. O Declínio. O Abate de Colunas. Todas estas fases são importantes e decisivas. Constituição, Instalação e Levantamento de Colunas Começa aqui uma Loja....

Da loja – Prefácio

Há já algum tempo que ando com vontade de iniciar uma serie de textos sobre Lojas. Falar sobre aspectos relativos à gestão das mesmas, sobre o nascimento, o apogeu, o declínio, o ressurgimento e mesmo a morte das Lojas. Não sei ainda quantos textos serão nem qual a periodicidade, nem...

Casamento maçónico

Um ilustre Irmão perguntou-me porque é que em certas jurisdições os maçons repetem os votos de casamento em Loja em presença dos Irmãos e das famílias e ainda se tal seria um modismo ou se tinha alguma concatenação histórica. As aspas colocadas no título deste texto denunciam que a minha...

Dilemas… Maçónicos

Ao longo da vida de um maçom, ele irá ser confrontado com vários tipos de dilemas e situações em que terá de refletir sobre as decisões a tomar e a responsabilizar-se pelo que decidir e optar. Neste texto em concreto, irei abordar apenas alguns dos potenciais “dilemas” que serão possíveis...

Decisão

Duas dezenas de homens numa sala fechada. Ambiente de concentração. Decisões a tomar. O projeto, já anteriormente decidido, já estava em andamento. Mas havia que acertar as regras do seu funcionamento. Era altura de decidir sobre essas regras. O que tinha sido proposto já todos sabiam. Noventa por cento concordava...

Dos Operativos aos Especulativos: o catalisador

No penúltimo texto, procurei demonstrar como algo falta na versão normalmente aceite sobre a evolução da Maçonaria Operativa para a Maçonaria Especulativa, como a simples aceitação de intelectuais que, progressivamente, passaram a controlar todas as Lojas operativas, ou quase, e, em quase perfeita sintonia temporal, modificaram a Maçonaria Operativa na...

Dos Operativos aos Especulativos: Vitrúvio

No texto anterior, expus o meu entendimento de que a tese clássica sobre a evolução da Maçonaria Operativa para a Maçonaria Especulativa necessita de ser completada, designadamente com a indicação do que terá ocorrido que tenha funcionado como propiciador e ou acelerador dessa transformação. A meu ver, houve, não um,...

EnglishFrenchGermanPortugueseSpanish