O Despertar Para a Vida Maçónica

Quanto mais se convive e frequenta a Maçonaria, mais se aprende e se descobre e mais se consciencializa sobre o muito mais que se tem para aprender. É vedado ao Maçon escrever, gravar, traçar ou imprimir informações que comprometam a essência filosófica da Ordem. Obviamente, não defendemos que o indivíduo...

Ritual Maçónico Português no Séc. XIX

De 1820 a 1869 praticaram-se na Maçonaria portuguesa seis ritos diferentes: o Rito Francês, o Rito Simbólico Regular, o Rito Escocês Antigo e Aceite, o Rito de Heredom, o Rito Eclético Lusitano e o Rito de Adopção. Diga-se desde já que o primeiro e o terceiro predominaram, a grande distância,...

A Lenda do Ofício – análise crítica: antes do Dilúvio

Tendo presente os limites e condicionalismos que apontei no texto anterior, vamos então tentar proceder a uma análise crítica do início da Lenda do Ofício. Para que estejamos identificados, recordemos, então, o que nessa Lenda reza quanto aos tempos antediluvianos: Vou contar-vos como estas valiosas ciências apareceram. Antes do Dilúvio...

Quando um Burro Fala os Outros Baixam as Orelhas

Historicamente, a função de orador tem a sua origem nas lojas francesas e escocesas, não existindo, ou existindo facultativamente nas lojas anglo-saxónicas ou, mais recentemente, nas americanas. Ainda, historicamente, a função de orador surge referida com notas públicas, pela primeiro vez, em 1737, na descrição das Oficinas da Loja Francesa...

A Solidariedade no Mundo dos Maçons

“O benevolente propósito da Instituição Maçônica é de alargar a esfera da felicidade social e de promover a felicidade da raça humana” (George Washington) Iniciação Maçónica – O primeiro contacto do Candidato com a Maçonaria se estabelece através da Cerimónia esotérica da Iniciação. Por si só, este facto demonstra a...

A Iniciação

A primeira, e virtualmente a mais marcante, experiência que se tem ao ingressar na nossa Augusta Ordem, é a nossa Iniciação. É pela Iniciação que se deixa de estar “pro fanum” (profano, o que está diante, perante, o templo), é pela Iniciação que se adquire a condição de M:., e...

A Lenda do Ofício – análise crítica: Introdução

Uma análise do ponto de vista histórico da Lenda do Ofício deve ser feita segundo as regras da Ciência da História. E regra básica desta ciência é que a História é constituída por FACTOS – não lendas, nem mitos, nem hipóteses, nem probabilidades. Factos! Este o alimento da História e...

Breve historial da Maçonaria em Portugal

== I == A história da Maçonaria enquanto Fraternidade Iniciática e Simbólica está ligada à expansão das ideias matrizes do Iluminismo, da procura da Razão e do aperfeiçoamento humano e da sociedade, que adquirem relevância na Europa do Século XVIII, em reacção às ideias que preponderaram, em séculos anteriores, da...

O Simbolismo Maçónico das Duas Colunas do Pórtico do Templo de Salomão

Grande ousadia a minha, confesso, a de pretender falar sobre as Duas Colunas do Pórtico do Templo de Salomão. Cônscio da minha insuficiência, ainda assim ousei escrever algumas palavras de explanação, que não de explicação, pedindo, e esperando da vossa benevolência e fraternal amizade, a indispensável desculpa. AS COLUNAS GÉMEAS...

Maçonaria – Uma História sem Mistério

Organizações de ofício, as precursoras Desde que o homem deixou as cavernas e as suas vivendas de nómada, sedentarizando-se e formando uma sociedade estratificada, surgiram os profissionais dedicados à arte da construção, os quais foram se aperfeiçoando, não só na erecção de casas de residência, mas, também, na de templos,...

It Doesn’t Have to Be Like This

“…Freemasonry in the eighteenth century was a radical movement, often standing against abuses of power on the part of the Establishment. Its development and growth were a vital part of the Age of Enlightenment.” by Julian Rees Try this and see how it fits. Freemasons belong to an organisation which...

EnglishFrenchGermanPortugueseSpanish