Categoria: Graus

Lição de um Mestre ao seu Aprendiz – VI

Antes do mais, sê muito bem-vindo entre nós. Estás aqui por teus méritos e, sobretudo, por tuas potencialidades. A ti, e só a ti, deves a admissão no seio dos obreiros desta Oficina da Augusta Ordem da Maçonaria. Nós, os que vos acolhemos, limitámo-nos a reconhecer em ti a capacidade...

Lição de um Mestre ao seu Aprendiz – V

Meu Irmão, finalmente estás onde deves estar, estás entre nós! Sempre que um novo elemento se junta a nós, toda a Loja se alegra. Mais um homem bom quer tornar-se melhor e, fazendo-o, nos ajudará, a todos e cada um de nós, a sermos um pouco melhores também! Sê, pois,...

lição aprendiz

Lição de um Mestre ao seu Aprendiz – IV

Meu Irmão: Antes de tudo e acima de tudo, quero expressar-te, em nome de toda a Loja o júbilo que aquece nossos corações. Enfim, estás entre nós! Mas, meu Irmão, o júbilo não brota diretamente do facto de estares entre nós. Resulta principalmente de estar entre nós alguém que foi...

lição aprendiz

Lição de um Mestre ao seu Aprendiz – III

(Nota: as lições anteriormente publicadas neste blogue foram escritas por Jean-Pierre Grassi e estão aqui e aqui) Meu Irmão: A melhor forma de manifestar os calorosos sentimentos fraternos de toda esta Respeitável Loja para contigo é sublinhar que não foste simplesmente aceite aqui, não foste simplesmente admitido à Iniciação, foste...

equilíbrio

Lição de um Mestre aos seus Companheiros – II

Nota – A primeira lição de um Mestre aos seus Companheiros foi publicada neste blogue por Jean-Pierre Grassi, em 13 de abril de 2009 Meus muito prezados Irmãos: O vosso aumento de salário é, na realidade, um aumento de responsabilidades. Ao vos conferir o 2.º grau, vos declarar prontos a...

O silêncio do Mestre

Depois de O silêncio do Aprendiz (um dos textos mais lidos do blogue A Partir Pedra) e de O silêncio do Companheiro, é tempo agora de tratar do silêncio do Mestre. À primeira vista, poder-se-á pensar que a expressão constitui um absurdo, pois o Mestre Maçom não só não está...

mestre

Oração de um Mestre a outros Mestres – II

Novos Mestres: Eis-vos finalmente na Câmara do Meio. Eis-vos merecidamente revestidos da plenitude de todos os direitos de Mestres Maçons. Eis-vos igualmente onerados com a totalidade dos deveres de Mestres Maçons. Estais na Câmara do Meio iguais entre iguais. Cada um de vós não é menos, não vale menos, do...

Oração de um Mestre a outros Mestres

Novos Mestres: Foi longo o tempo que mediou entre a vossa iniciação e este dia. É assim que deve ser, porque o Tempo também é construtor e as mudanças perenes não se fazem de um dia para o outro. No dia da vossa Iniciação, simbolicamente terminaram a vossa vida profana...

O Mestre Maçom perante a Sociedade

A Maçonaria Regular é uma instituição destinada ao aperfeiçoamento moral, espiritual e intelectual dos seus elementos e também para que estes, através do seu exemplo e da prática dos seus princípios, por sua vez propiciem, influenciem, a melhoria, pouco a pouco, indivíduo a indivíduo, da sociedade em que a Instituição...

O Mestre Maçom perante si próprio

Todo o maçom, desde o primeiro dia que adquiriu essa condição sabe que o seu maior inimigo é aquele que vê quando, de frente, olha para o espelho. Mas também sabe que a melhor maneira de acabar com o inimigo não é prendê-lo (pode sempre libertar-se…), ou matá-lo (pode dele...

O Mestre Maçom perante o Aprendiz e o Companheiro

Qual a palavra que melhor define o que deve ser o Mestre Maçom perante o Aprendiz e o Companheiro? Na minha opinião, não é “Mestre”, nem “formador”, nem “ensino”. É certo que os Aprendizes e Companheiros estão em período de formação, de aprendizagem e prática sobre símbolos e simbologia, valores,...

EnglishFrenchGermanPortugueseSpanish