Categoria: RLMAD

Intocáveis

INTOCÁVEIS V:.M:., meus II:. em todos os Vossos GG:. e QQ:., Tenho para mim que a vida em L:. contempla a troca de experiências vividas e de emoções sofridas, na partilha dos sentimentos que nos assaltam nas voltas da vida. E por pensar assim pedi ao nosso Q:. V:. M:....

Etes Vous Maçon?

Á G:.D:.G:.A:.D:.U:. R:.L:. DE MESTRE AFFONSO DOMINGUES – Nº 5 G:.L:.L:.P:./ G:.L:.R:.P:. ÊTES VOUS MAÇON? “Êtes-vous Maçon? – ou – “Es-tu maçon?” Réponse “Mes Frères me reconnaissant comme tel.” A mon sens, il s’agit là d’une réponse ambiguë. En effet, et pourquoi ? – Un exemple : j’ai chez moi...

A Iniciação

A INICIAÇÃO Escrevi o texto da prancha que vou ler a seguir, pensando nos meus Irmãos Aprendizes que, tenho a certeza, se interrogam como eu me interroguei tantas vezes, acerca da palavra “Iniciação”. Dizemos que a Maçonaria é uma ordem iniciática. Mas o que quer dizer, exactamente, “iniciática, iniciação, ou...

A Irmandade e a Música

Irmandade e Música Foi com muita expectativa que entrei para esta Irmandade. Não posso dissociar deste passo o facto de ter sido sempre um curioso, em termos de leitura, de assuntos relacionados com religiões, história e preocupações sociais. No entanto foi um passo que necessitou de ser bem amadurecido. Pelo...

O Silêncio e a União

O Silêncio e a União Ou de Harpócrates á Fraternidade Desce o primeiro dia que o que se passa em Loja tem sido uma sequência de mistérios. A pouco e pouco alguns vão-se revelando, pelo menos parcialmente. De todos os que tomei conhecimento, ou de que me apercebi, houve dois...

As Quatro Colunas

(Após estar entre colunas e ter recebido do V. M. autorização para iniciar a apresentação da sua prancha, o obreiro declara: Ob.: À Glória do Grande Arquitecto do Universo! Venerável Mestre, necessito do auxílio do Mestre de Cerimónias. O V. M., deferindo o tácito pedido de autorização para movimentação em...

Maçonaria e Ambiente

Maçonaria e Ambiente I – Intróito: desculpem lá, mas… O Muito Respeitável Grão-Mestre da GLLP/GLRP solicitou aos Irmãos da Obediência que procurassem reflectir e elaborar trabalhos sobre a temática do ambiente. A Maçonaria Regular não discute opções políticas, mas não ignora os grandes temas da Civilização e da Sociedade e...

De uma Loja de S. João

Venerável Mestre, Estimados Irmãos em todos os vossos Graus e Qualidades, Liberto, pelo silêncio, da obrigação de intervir, e reduzida a minha participação a um mínimo essencial, tenho sido em Loja quase só olhos e ouvidos. A boca, uso-a – fora de Loja – essencialmente para perguntar. Tenho aprendido muito...

Msg V:. M:. 1999 – 2000

Uma das vantagens do sistema de sucessão no exercício do ofício de Venerável Mestre informalmente instituído na Loja Mestre Affonso Domingues (e também em muitas outras Lojas, das mais diversas Obediências, ritos e latitudes) é que possibilita ao 1.º Vigilante um ano completo para analisar a Loja, verificar os seus...

Msg. V:.M:. 1996 – 1997

Nota introdutória: Quando fui Venerável a Internet era ainda “uma coisa rara e estranha” e ter um site não era sequer equacionável pois não se sabia bem que perigos podia representar a exposição publica. Hoje não ter um site é coisa de inadaptados. A Mestre Affonso Domingues tem um site...

O Mosteiro da Batalha

Mestre Affonso Domingues, o patrono desta Loja Maçónica ficou historicamente ligado à construção do Mosteiro da Batalha, existindo até uma eventual lenda que o coloca durante aiguns dias debaixo de um abóboda, como prova da sua crença em como a abóboda iria resistir ao seu próprio peso. Admite-se que D....

Encontro das Lojas (tri)gémeas

A Loja Mestre Affonso Domingues está geminada com duas outras Lojas: A Fraternidade Atlântica, Loja da Grande Loge Nationale Française que reúne em Neuilly-Bineau e em que se integram imigrantes portugueses em França, lusodescendentes e franceses com interesse e carinho pela Língua Portuguesa, e a Rigor, Loja da GLLP/GLRP que...

EnglishFrenchGermanPortugueseSpanish