Categoria: Ofícios da Loja

Numa Loja maçónica são atribuídos a alguns obreiros, cargos que ajudam a que os trabalhos e a organização decorram da melhor forma possível:

  • Venerável Mestre – preside e orienta as sessões e a Loja.
  • Primeiro Vigilante – auxilia nos trabalhos, e é responsável pelos Aprendizes.
  • Segundo Vigilante – auxilia nos trabalhos e é responsável pelos Companheiros.
  • Orador – sumariza os trabalhos, apresenta conclusões e constitui o garante pelo fiel cumprimento das regras e rituais maçónicos.
  • Secretário – como o próprio nome indica, apoia o Venerável e a Loja, sendo pela área administrativa da Loja.
  • Experto – é responsável pelas cerimónias de iniciação e outras.
  • Mestre de Cerimónias – conduz as cerimónias maçónicas, dirigindo toda a movimentação em Loja e assegurando que todos os elementos rituais estão presentes e nos seu devidos lugares.
  • Tesoureiro – gere todos os fundos da loja.
  • Guarda Interno – assegura que todos os presentes são maçons.
  • Hospitaleiro – trata de toda a actividade de apoio externo e interno que a Loja disponibiliza.

Vigilantes

Anéis de 1.º e de 2.º Vigilante, com as iniciais das designações em língua inglesa: Senior Warden e Junior Warden)     Os membros das Lojas Maçónicas estão divididos em três categorias, Aprendiz, Companheiro e Mestre, segundo a sua antiguidade e a sua evolução na tarefa de auto-aperfeiçoamento que constitui...

Venerável Mestre

Este blogue, como repetidamente tenho frisado, destina-se a ser lido por maçons e por não maçons. Os maçons estão habituados a usar termos ou expressões cujo significado lhes é familiar, mas que pode ser de difícil ou impossível entendimento para quem não for maçon. Sempre que me apercebecer que pode...

O trabalho fora de Loja: Segundo Vigilante

Ao Segundo Vigilante de uma Loja maçónica compete, além do exercício das funções rituais, a coadjuvação do Venerável Mestre na administração da Loja, em conjunto com o Primeiro Vigilante, e, sobretudo, a superintendência no trabalho e na formação dos Aprendizes. Quanto ao seu papel na administração da Loja, se nele...

O Trabalho da Coluna da Harmonia

Durante o decorrer de uma sessão ritual maçónica existe o hábito generalizado de existir música ambiente. Música essa que deverá criar certos estados de espírito aos seus ouvintes para possibilitar uma certa harmonia entre todos os presentes na sessão. A responsabilidade da condução musical numa loja maçónica é do Mestre...

O Orador

O Orador é o guardião da Tradição Maçónica e zelador pelo cumprimento das leis e regulamentos em Loja, pela Loja e pelos obreiros da Loja. Integra, com o Venerável Mestre e o 1.º Vigilante, a Comissão de Justiça da Loja. É o único obreiro que pode interromper qualquer outro obreiro,...

Guarda Interno e Guarda Externo

Nos Ritos de York e de Emulação, a privacidade da sessão de uma Loja Maçónica é assegurada por um Guarda Externo, isto é, um Oficial da Loja que, armado de uma espada, guarda, pelo lado de fora, a porta do local onde se processa a reunião. Em inglês, este Oficial...

O Venerável Mestre

(…) Venerável Mestre é a designação dada ao membro que exerce a função de direcção dos trabalhos de uma Loja maçónica. Na Loja Mestre Affonso Domingues, o Venerável Mestre é eleito, usualmente em Julho, e toma posse após a pausa para férias, que decorre sempre durante todo o mês de...

Os Vigilantes

Os membros das Lojas Maçónicas estão divididos em três categorias, Aprendiz, Companheiro e Mestre, segundo a sua antiguidade e a sua evolução na tarefa de auto-aperfeiçoamento que constitui o desiderato maçónico. Os Vigilantes são os elementos das Lojas que têm a função de acompanhar, orientar e auxiliar, os Companheiros (1.º...

O Orador

Nos Ritos de York e de Emulação existe um ofício, designado por Capelão, cuja função é dirigir a Loja na invocação do Grande Arquitecto do Universo, em oração colectiva que realça a espiritualidade da Maçonaria e reforça os laços entre os seus membros. No Rito Escocês Antigo e Aceite, o...

O Mestre de Cerimónias

O ofício de Mestre de Cerimónias existe no Rito Escocês Antigo e Aceite (aquele que é praticado na Loja Mestre Affonso Domingues) e bem pode ser exercido por um mudo. Com efeito, não me recordo de existir uma única fala especificamente do Mestre de Cerimónias em qualquer das cerimónias rituais...

O Hospitaleiro

O Hospitaleiro é o elemento da Loja que tem o ofício, a tarefa, de detectar as situações de necessidade e de prover ao alívio dessas situações, quer agindo pessoalmente, quer convocando o auxílio de outros maçons ou, mesmo, de toda a Loja, quer, se a situação o justificar ou impuser,...

O Experto

No Rito Escocês Antigo e Aceite – o rito praticado pela Loja Mestre Affonso Domingues -, o Experto é um Oficial de Loja que exerce uma função puramente ritual. Nas normais sessões de trabalho, essa função é relativamente secundária, limitando-se a seguir e auxiliar o Mestre de Cerimónias na execução...

EnglishFrenchGermanPortugueseSpanish