Categoria: Artigos Diversos

A origem da designação “Lisboa”

Base: Livro “FOI ASSIM MESMO QUE ACONTECEU? de Sérgio Luís de Carvalho, 2ª Edição. Nota prévia (de esclarecimento): Em azul está o que respiguei com rigor do livro referido e a preto os meus comentários No caminho da lenda de ULISSES ULISSES, rei de Ítaca, foi incorporado no exército grego...

As Lojas e a Grande Loja: conceção basista – e sua crítica

Em 24 de junho de 1717, quatro Lojas maçónicas londrinas reunidas na taberna Goose and Gridiron decidiram associar-se numa Grande Loja e eleger um Grão-Mestre que a todos os seus obreiros representasse. Foi assim que, em síntese, James Anderson registou o nascimento da primeira Grande Loja macónica, hoje normalmente designada...

A ultrapassagem

No texto O nono Venerável Mestre, referi que Luís P. exerceu a função com alguns laivos de autoritarismo. Convém esclarecer que tal sucedeu não porque Luís P. fosse especialmente autoritário, mas porque a sua concepção da maçonaria e da Loja era de que esta era dirigida pelas três Luzes (O...

Os Valores vencerão os medos e o terror

Quis o calendário deste ano que este texto se publique a 26 de dezembro, logo após o feriado do Natal. Espero que todos os que o leem tenham tido umas Boas Festas, em paz, sossego e junto de sua família, se assim foi o seu desejo. Quer o calendário e...

O outro Afonso Domingues

O patrono da Loja Mestre Affonso Domingues foi um dos arquitetos do Mosteiro da Batalha, imortalizado no conto de Alexandre Herculano A abóbada. O JPSetúbal publicou neste blogue um texto evocativo do patrono da Loja, com o título Sobre o nosso patrono MESTRE AFFONSO DOMINGUES. Mas talvez o leitor não...

Pompa e circunstância

Mês de equinócio é mês de sessões de Grande Loja (ou Grande Oriente). Em Portugal, no Brasil ou, genericamente em qualquer parte do mundo onde esteja implantada a Maçonaria, sessão de Grande Loja ou Grande Oriente é, normalmente, sinónimo de pompa e circunstância. Desde que a Maçonaria especulativa surgiu, muito...

Plágio: uma vergonha! (em todo o lado e também em Palmas – Tocatins, Brasil)

(Tradução: Plágio – Não é dado crédito ao “furto de material publicado” com pequenas modificações efetuadas) Para aprender, é preciso ler o que outros antes escreveram. É, pois, normal que quem escreve sobre qualquer tema consulte o que antes se escreveu e que o que escreve seja influenciado pelo que...

A Maçonaria e as Novas Tecnologias de Informação e Comunicação…

A Respeitável Loja Mestre Affonso Domingues Nº5, Loja que acolhe os membros deste blogue, encontra-se inserida na denominada e reconhecida Maçonaria Regular, Maçonaria esta com um aspeto mais conservador e tradicional, uma vez que respeita e faz por respeitar os Landmarks maçónicos consagrados pela Grande Loja Unida de Inglaterra. Mas...

Assombrações maçónicas…

Começo o título do texto de hoje com a palavra “assombrações” porque de lés-a-lés surgem notícias que assombram o mundo maçónico. Algumas vezes são verídicas e factuais, outras nem tanto, mas a maioria totalmente falsas. Contudo, as notícias que me suscitam alguma preocupação na verdade, são aquelas que são mesmo...

O trabalho fora de Loja

Em Maçonaria, é essencial o trabalho realizado em Loja: a execução do ritual de abertura, através do qual todos os presentes se concentram no espaço, tempo, lugar e trabalho que vão efetuar, desligando-se das vicissitudes do mundo exterior (o mundo profano), o despachar de toda a parte burocrática e administrativa...

EnglishFrenchGermanPortugueseSpanish