Categoria: A Maçonaria

Maçonaria e Poder (III)

No tempo das Lojas Operativas, a relação entre os construtores em pedra e o Poder era de simbiótica subordinação. Os construtores em pedra detinham o exclusivo conhecimento – ou quase – de técnicas de construção baseadas em princípios geométricos há muito descobertos, mas perdidos, na sua aplicação, no obscurantismo da...

Maçonaria e Poder (II)

Antes de se avançar, importa estabelecer bem o significado das palavras, para que não se estabeleçam confusões. Maçonaria e Poder – que significado neste conjunto de textos se atribui a Maçonaria? E qual o alcance do termo Poder? Neste conjunto de textos, sempre que utilizar simplesmente a palavra Maçonaria, estarei...

Entre colunas

O local de reunião de uma Loja maçónica tem por entrada um espaço delimitado por duas colunas. Estas evocam as duas colunas que existiam no átrio do Templo de Salomão, descritas na Bíblia no 1º Livro dos Reis, capítulo 7, versículos 15-22: 15 E formou duas colunas de cobre; a...

A coberto e a descoberto

No texto “O Mestre Maçom perante a Sociedade” referi que o que importa é a contribuição que os maçons dão para a Sociedade, quer a sua condição de maçom seja publicamente revelada, quer por si se mantenha prudentemente reservada. Por outro lado, também já várias vezes pontuei que a vertente...

A morte (e a vida)

Em Maçonaria, os símbolos e rituais servem para colocar ao dispor do maçom os conhecimentos, os temas, os valores com significado e importância no ideário maçónico. O que cada maçom aprende ou não aprende, reflete ou não reflete, assimila ou não assimila em face desses símbolos ou rituais é com...

Maçonaria: do passado rumo ao futuro

Convencionou-se a data de 24 de junho de 1717 como o marco de partida da moderna Maçonaria Especulativa. Sabemos hoje que nesse dia ocorreu a formalização da Grande Loja de Londres, em sessão ocorrida na taberna Goose and Gridiron, sendo essa formalização decorrente de trabalhos e contactos preparatórios entre quatro...

Interstício

Interstício quer dizer solução de continuidade, o intervalo entre duas superfícies da mesma ou diferente natureza. A Maçonaria utiliza a expressão em termos de tempo. Interstício é o intervalo de tempo que deve decorrer entre dois factos. Designadamente , interstício é o intervalo de tempo que deve decorrer entre a...

Dilemas… Maçónicos

Ao longo da vida de um maçom, ele irá ser confrontado com vários tipos de dilemas e situações em que terá de refletir sobre as decisões a tomar e a responsabilizar-se pelo que decidir e optar. Neste texto em concreto, irei abordar apenas alguns dos potenciais “dilemas” que serão possíveis...

Dos Operativos aos Especulativos: o catalisador

No penúltimo texto, procurei demonstrar como algo falta na versão normalmente aceite sobre a evolução da Maçonaria Operativa para a Maçonaria Especulativa, como a simples aceitação de intelectuais que, progressivamente, passaram a controlar todas as Lojas operativas, ou quase, e, em quase perfeita sintonia temporal, modificaram a Maçonaria Operativa na...

Dos Operativos aos Especulativos: Vitrúvio

No texto anterior, expus o meu entendimento de que a tese clássica sobre a evolução da Maçonaria Operativa para a Maçonaria Especulativa necessita de ser completada, designadamente com a indicação do que terá ocorrido que tenha funcionado como propiciador e ou acelerador dessa transformação. A meu ver, houve, não um,...

Dos Operativos aos Especulativos: um elo perdido

Das várias teses sobre as origens da Maçonaria, a mais consensualmente aceite é que esta, na sua forma atual, geralmente referida como Maçonaria Especulativa, deriva das associações profissionais de construtores criadas na Idade Média. A essas associações designamos hoje por Lojas Operativas e ao conjunto de todas elas e regulamentos...

EnglishFrenchGermanPortugueseSpanish