Autor: Rui Bandeira

R:.L:. Fraternidade Atlântica

A Loja Fraternidade Atlântica reune em Neuilly- Bineau, integrada na Grande Loge Nationale Française, Obediência Maçónica de França internacionalmente reconhecida como Regular, isto é, observando todos os princípios maçónicos, tal como a Grande Loja Legal de Potugal / Grande Loja Regular de Portugal, em que se integra a Loja Mestre...

Maçonaria em Loja

A organização da Maçonaria Regular tem uma base de sustentação, a Loja. E a Loja tem como base os Obreiros que a compõem. Quero eu acentuar com este começo de texto que os Obreiros, ao nível das Lojas, são os alicerces sobre os quais toda a estrutura se levanta. Bom…,...

Maçonaria e Religião

A Maçonaria NÃO É uma religião. A Maçonaria não aconselha, ou impõe, ou favorece, a prática de qualquer religião em particular. A Maçonaria Regular nem sequer pretende que os seus membros pratiquem qualquer religião. Basta-lhe que os seus membros sejam crentes num Criador, qualquer que seja a forma como se...

Como entrar na Maçonaria

É a minha convicção, baseada em tudo o que li, que não existe um método absoluto, nem existe uma fórmula certa e outra errada, para se entrar na Maçonaria. Existem tradições, usos e costumes, mais ou menos locais, mais ou menos universais, mais ou menos usados, mais ou menos torneados....

A Regularidade Maçónica (I)

(…) Denomina-se de Maçonaria Regular a Maçonaria que segue os princípios da Maçonaria Inglesa, especificamente da Grande Loja Unida de Inglaterra (UGLE). Tais princípios estão definidos nos doze Landmarks já neste blogue apresentados e comentados. Deles se retira estarmos perante uma Maçonaria deísta (é elemento essencial a crença num Ente...

Beleza

O maçon procura revestir-se da característica da beleza. Não é, obviamente, a física que importa. Até porque essa não depende de si, antes da carga genética que lhe foi transmitida por seus ascendentes. A beleza de que o maçon se procura revestir é a interior, resultante da pureza de princípios,...

Força

A obra humana, para ter valia, deve estar dotada de Força. A acção do maçon deve beneficiar da Força. Não é de força física que aqui se trata. Ao mencionar esta característica de que devem estar dotados os maçons e o comportamento e as obras destes, quer-se, em primeiro lugar,...

A quarta coluna

Coloquei aqui anteriormente três textos sobre as três colunas que, nas reuniões do primeiro grau do Rito Escocês Antigo e Aceite de uma Loja maçónica se encontram na zona central da sala onde decorre a reunião e que simbolizam a Sabedoria, a Força e a Beleza. Essas três colunas estão...

A Maçonaria hoje

Depois de ouvirmos e de lermos muitas opiniões sobre a Maçonaria, grande parte das quais elaboradas sobre preconceitos, em especial num País como o nosso onde durante décadas não foram consentidas instituições onde pudessem germinar ideias avessas ao poder dominante, formámos também as nossas opiniões. Estas eram, naturalmente as resultantes...

A Maçonaria da esperança

Desde sempre que o Homem, por razões que a Genética poderá explicar, é impelido a valorizar-se, a aperfeiçoar-se, a procurar o mais e a tentar o melhor. Depois de procurar a valorização no mundo material, e de ter concluído que por essa via só daria pequenos passos, olhou mais longe,...

A Loja de Investigação Quatuor Coronati

Na Maçonaria existem diversas Lojas de Investigação A mais antiga é a Loja Quatuor Coronati, n.º 2076 da Grande Loja Unida de Inglaterra (UGLE). Foi fundada em 1884 por um grupo de nove maçons: Sir Charles Warren (então Coronel, mas mais tarde General), W. Harry Rylands, Robert Freke Gould, o...

EnglishFrenchGermanPortugueseSpanish