Campanha "Ver Mais" - Relatório

Entre a segunda quinzena de setembro e a primeira quinzena de dezembro, esteve em curso a campanha VER MAIS, de angariação de óculos usados graduados para enviar para distribuição gratuita entre a população necessitada da Beira, em Moçambique. Muitas boas-vontades corresponderam. Devemos agora nós corresponder a essas boas-vontades, efetuando o relatório do que foi feito com o produto da generosidade de todos os que colaboraram.

A campanha permitiu angariar SETECENTOS pares de óculos, um número que excedeu as expectativas iniciais dos organizadores da campanha. A todos os que contribuíram, um sentido agradecimento!

Custos com a angariação: Zero euros.

O passo seguinte foi medir as lentes de todos esses óculos e efetuar a afinação, manutenção e limpeza dos mesmos. Para tanto, pedimos e obtivemos a cooperação de alguns técnicos de optometria que, graciosamente, ofereceram o seu tempo e a disponibilidade das suas máquinas e ferramentas e efetuaram esse trabalho. Em poucas semanas, todos os pares de óculos angariados estavam limpos, afinados, medidos e etiquetados com a informação das graduações das suas lentes.

Custo com a medição e afinação dos óculos: Zero euros.

O desafio seguinte foi enviar todo esse material, devidamente acondicionado, para a Beira. A quantidade e peso não permitia que fossem em bagagem de mão... Alguém deitou mãos à obra, fez uns telefonemas, efetuou algumas insistências, apelou a algumas consciências e logrou que uma entidade assegurasse o transporte e entrega dos setecentos pares de óculos ao nosso representante na Beira, sem imputar quaisquer custos por isso..

Assim, custos com o transporte: Zero euros.

Enquanto tudo isto se passava, o elemento de ligação na Beira solicitou e obteve o apoio de responsáveis de óticas locais, que se disponibilizaram a, gratuitamente, classificarem e medirem as deficiências visuais de elementos da população carenciados - de meios e de óculos -, de forma a assim se conseguir fornecer o par de óculos efetivamente adequado à necessidade de cada pessoa. Esta generosa intervenção das óticas em nada as prejudica comercialmente, pois sabem que as pessoas carenciadas que lhes são enviadas para exame, por falta de meios económicos para tal, não lhes poderiam adquirir óculos.

Está em curso a distribuição de óculos.

Custos nos exames dos carenciados e na distribuição dos óculos disponíveis: Zero euros e zero meticais.

Custos para quem recebe óculos no âmbito da campanha VER MAIS: Zero euros e zero meticais.

Na Beira já há pessoas que conseguem VER MAIS!

Conseguiu-se isto, sem o dispêndio de um cêntimo ou de um centavo de metical, graças a um esplêndido conjunto de boas-vontades - de todos aqueles que doaram óculos já sem uso para si, de todos os que nos ajudaram a receber os óculos doados, dos óticos e optometristas que classificaram, mediram, afinaram, limparam e etiquetaram os óculos oferecidos, de quem providenciou e garantiu o transporte dos setecentos pares de óculos para a Beira, lá na Beira de quem referencia os carenciados e das óticas que permitem "casar" a necessidade de cada um com o par de óculos disponível mais adequado, enfim, todos os que deram um pouco de si e do seu tempo para que objetos que eram aqui já inúteis tenham voltado a ganhar utilidade e ajudem a VER MAIS quem disso necessita e só graças ao contributo de VÓS todos pode deles beneficiar.

A todos VÓS o mais sentido agradecimento e o mais caloroso abraço. Façam, todos e cada um de VÓS, porque o merece o precioso contributo de todos e cada um de VÓS, o favor de se sentirem felizes com o objetivo conseguido. Pelo menos tão felizes como eu me senti ao escrever este texto!

Rui Bandeira

Publicado em:
http://a-partir-pedra.blogspot.pt/2015/02/campanha-ver-mais-relatorio.html